04 mai

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou, nesta quinta-feira, 4 de maio, o requerimento 1799/17, de autoria do deputado estadual Capitão Wagner (PR), pedindo informações à Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza (Seuma), acerca da licença de operação, habite-se e alvará de funcionamento do empreendimento Centro Fashion Fortaleza.
“Precisamos saber se estes documentos existem, pois o que se sabe é que o empreendimento está construído indevidamente, em local proibido. A Seuma precisa explicar”, disse o deputado.

Segundo Capitão Wagner, essa denúncia foi apresentada em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará, no último dia 6 de abril. Na ocasião, foi afirmado que existem ruínas históricas da antiga fachada de uma fábrica de tecidos, no terreno onde hoje está instalado o Centro Fashion. Em razão disso, a área faria parte de uma região de relevante interesse cultural e histórico do conjunto urbano do bairro Jacarecanga, totalmente protegida pelo Decreto Municipal 13.033/2012.

Outra denúncia é que na área onde está instalado o empreendimento, estaria atestada a existência do Riacho Jacarecanga, o que traria a impossibilidade legal de instalação de qualquer empreendimento no local.

 

Deixe um comentário