31 mar

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) solicita providências ao Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, em relação à publicação dos Atos de Estabilidade dos servidores profissionais de Saúde, não médicos, aprovados no concurso realizado em 2006. De acordo com o parlamentar, as referidas providências serão materializadas na publicação no Diário Oficial do Estado do Ceará, por parte do Governo do Estado, dos Atos de Estabilidade destes profissionais, que já cumpriram estágio probatório em dezembro de 2014. O requerimento do parlamentar foi aprovado nesta quinta-feira, 31 de março.

A reclamação foi feita pelos profissionais de Saúde, não médicos, no concurso realizado na gestão do então governador Lúcio Alcântara. No ano seguinte, o governador Cid Gomes não queria homologar o concurso, mas por mandato de segurança se viu obrigado a homologar em 2007, sendo convocados num primeiro momento apenas os profissionais médicos e auxiliares.

Os demais profissionais somente foram chamados em 26 de dezembro de 2011. A partir daí foram cumpridos os três anos no estágio probatório, terminando em dezembro de 2014. Esses profissionais já foram todos avaliados. Para adquirirem estabilidade e o direito a pleitearem ascensão funcional nas respectivas carreiras, estão dependendo exclusivamente da publicação no Diário Oficial. “Mas até o momento vários processos estão no gabinete do governador, na Secretaria da Saúde e na Seplag aguardando publicação”, destacou Capitão Wagner.

 

Deixe um comentário